Há mais o Sul para dar do que o Brasil para tirar.
Esta frase adaptada nos leva a olhar para nosso dia a dia, nossas vidas, nosso povo, nossa produtividade, nossos sonhos, nossas realizações.
Não importam as pedras no caminho, não importam os obstáculos impostos, ou os intempéries que teremos, o que importa é a beleza da caminhada, o conhecimento obtido e a chegada triunfante.
Não é fácil concretizar objetivos, que para nós são tão claros, mas para alguns são tão vagos.
O Sul é nobre e por sua nobreza muitas vezes é visto pelo Brasil como o primo rico, que é culto, soberbo e rico. Somos cultos, educados, éticos; somos ricos, prósperos, produtivos; não somos soberbos, esnobes, arrogantes, ou preconceituosos para com o restante do país.Temos princípios.
Princípios que valorizam nossa terra, e se não somos valorizados pela “terra brasilis”, que separemo-nos então.
Não queremos ser mais que ninguém, apenas queremos usufruir do que é nosso por direito.
O Sul sim é meu País e se é seu também, então é nosso.
Viva o Sul.
Viva a você Sulista.
Que faz do Sul, o nosso país.

#SuleoMeuPais

S.A.ASSUEIRO