MOVIMENTO SUL É O MEU PAÍS

Sobre a doação para a reconstrução da Catedral de Notre-Dame

Sobre a doação para a reconstrução da Catedral de Notre-Dame

19/04/2019

Sobre a doação para a reconstrução da Catedral de Notre-Dame Sobre aqueles que reclamam da doação dos R$ 3 bilhões para a reconstrução da Catedral de Notre-Dame de Paris ou aqueles que enxergam apenas como uma jogada de marketing dos doadores: a igreja não é um patrimônio privado. Ela transcende essa matéria. Ela é um patrimônio de uma comunidade, de um povo, de uma cultura, um marco civilizacional do povo francês. Não é qualquer arquitetura, não é qualquer coisa, é o marco do espírito francês, por si. Em que pesem qualquer noção de marketing ou motivação econômica, o espírito francês, em uma noção de continuidade da comunidade política, entende o simbolo que é a Notre-Dame. Leia também:  A crise na educação brasileira por Hannah Arendt Da união, de uma ligação profunda com os mortos, os presentes e os que ainda estão por vir, a comunidade política francesa mantém a sua unidade como povo através de seus simbolos. A igreja, de quase 800 anos, por mais que tenha queimado por HORAS, manteve-se de pé, assim como seu vitral e seu altar. Esse manter-se de pé, com certeza, despertou algo dentro da alma francesa em relação às tragédias que aconteceram ao longo destas últimas décadas. O espírito vive. A verdade vive. Leia também:  Para que servem os impostos que pagamos ao governo? Texto original Instituto liberal

Read more
Congelamento de preços: Macri nunca foi um liberal de verdade

Congelamento de preços: Macri nunca foi um liberal de verdade

19/04/2019

Congelamento de preços: Macri nunca foi um liberal de verdade Congelamento de preços é a censura aplicada à economia. O governo desvaloriza a moeda e os empresários e trabalhadores não podem reagir. Aumento de preços é o grito de revolta contra a inflação provocada pelo governo. Inflação é um fenômeno causado exclusivamente por quem tem o poder de expandir a moeda e o crédito imprimindo dinheiro. Inflação é quando o governo reduz o poder aquisitivo da população ao diluir o valor de cada unidade monetária em poder do público. Por que o governo imprime mais moeda? Porque ele não consegue cobrar mais impostos nem tomar mais empréstimos para pagar seus gastos. Somente o governo tem o poder de imprimir dinheiro. Leia também:  Tribunais de Contas: corrupção, ineficiência e paradoxos Usar a coerção para impedir que os agentes econômicos expressem a sua opinião sobre o valor do que pretendem oferecer à sociedade é encobrir a verdade sobre o que está ocorrendo nas relações interpessoais a respeito dos bens e serviços disponíveis na economia. Se não se pode cobrar o valor que se quer sobre o que nos pertence, quem irá produzir e vender? Macri nunca foi, não é e nunca será um liberal de verdade. Leia também:  Saiba o que fazer para ajudar seu filho adolescente apaixonado pelas ideias socialistas Texto original Instituto liberal

Read more